22Outubro2017

ABRAMCA

Empresas colocam condutores de ambulância em situação de responsabilidade de crimes de trânsito, quando obrigam a transportar bebês em incubadoras soltas amarradas com tirantes e sem a maca adaptável.

obs: em anexo fotos do modelo de macas adaptáveis autorizado pela ANVISA. O SINDCONAM/AL abriu denuncia na ABRAMCA, para tomar providências sobre o transporte de Bebês recém nascidos, conduzidos em ambulância durante os transporte inter-hospitalar, sem as devidas condições de segurança para os pacientes(bebês) e equipe que acompanha. A solicitação feita pelo sindicato dos condutores de ambulância do estado de Alagoas, pede providências junto ao Ministério Publico Federal na comissões de Direitos Humanos, ao Ministério da Justiça através da PRF, e no Ministério da Saúde no setor de urgência, depois que recebeu diversas reclamações dos condutores, que estavam sendo submetidos a transportar pacientes de forma irresponsável, do ponto de vista da segurança no trânsito para passageiros em ambulância. A resolução do CFM 1.672/03 afirma que a responsabilidade inicial do paciente RN é do médico transferente, mas a mesma resolução afirma que a responsabilidade operacionais não é responsabilidade médica. Portanto, os condutores de ambulância estão sendo submetido a transportar bebês em incubadoras sem as devidas observações das normas de seguranças garantida pelas ANVISA, que orienta a o transporte através de incubadora fixa em maca adaptável para essa finalidade. Para o Presidente da ABRAMCA Srº Alex Douglas, o que estão fazendo com nossos bebês, é um absurdo, como pode um profissional impor condições adversas ao outro de responsabilidade de crimes de trânsito ! Como pode colocar esses bebês em situações de risco de acidentes com consequências que poderão ser graves ou fatais, se ao mesmo tempo a finalidade do serviço é salvar vidas!isso é muito contraditório. Vamos levar as denúncia do SINDCONAM/AL à todas as autoridades competentes nesse país, acabamos de realizar uma audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado, que tratamos de tudo isso que vem ocorrendo no Brasil inteiro, seja no setor público ou privado. Os presidentes de todos os estados brasileiros, estarão também denunciando em suas bases territoriais,nos Órgão competentes. Não podemos ser submisso as irresponsabilidade que tentam impor à nossa profissão, nem tão pouco com nossos pacientes, que muitas vezes colocamos nossas vidas em risco para salvar a vida dele, sabendo que isso é nossa missão, então porque transportar bebês em incubadoras soltas sem as devidas normas de segurança de transporte para incubadora. Questionou Presidente da ABRAMCA Alex Douglas. Para o presidente do SINDCONAM/AL Elias Santos"Ely", o que estamos presenciando nesses carros transportando incubadoras soltas, é o anuncio de um acidente antecipado, ontem flagrei uma ambulância que presta serviço para o HU, transportando o bebê com a técnica de enfermagem segurando a incubadora durante o transporte, como pode um negócio desse meu Deus, quanta loucura desses gestores, eles nunca assistiram um filme de simulado de acidente, que tudo que estiver solto dentro do veículo são projetados atingindo os ocupantes do veículo. No mesmo instante, flagrei outra ambulância que presta serviço a Santa Casa de Maceió, transportando outro bebê em uma incubadora amarrada com tirantes, fiquei sabendo que uma empresa particular de UTI em Maceió, durante esse final de semana, fez duas transferência de dois bebês para Recife, um no sábado e outro no domingo, com a incubadora solta, só amarradas por tirantes, isso é muito grave, Já tinha alertado a empresa que o transporte de bebes em incubadora, só deveria ser com incubadora adaptadas em macas, conforme regulamentação da ANVISA, no entanto, continuam ignorando as recomendações. Para mim, só resta levar as questões para os órgãos competentes tomarem providências, não tenho mais o que fazer. Declarou Elias Santos presidente do SINDCONAM/AL. Dentro da resolução, fica claro quem é a responsabilidade operacional de transporte do paciente não é do médico, portanto é do condutor, mas eles interferem diretamente nas responsabilidade do profissional, chegando a impor aos condutores de ambulância a fazer o transporte sem as devidas segurança operacional, com incubadoras soltas, sem os devidos cuidados de prevenção de acidentes, e se houver negativa, passível de perder o emprego. As famílias dos pacientes no momento de desesperos em busca de salvar seu familiar, não percebem o risco, eles querem agir para providenciar melhorias para seu familiar a qualquer custo, e esquece do item segurança, para isso, vamos começar orientá-los a só transportar seus bebês em incubadoras fixadas em macas adaptáveis. Veja abaixo parte da resolução 1.672/03 que descreve o transporte de bebês em ambulância. Dentre as normas da Resolução CFM nº 1.672/03, deve-se observar: VIII. A responsabilidade inicial da remoção é do médico transferente, assistente ou substituto, até que o paciente seja efetivamente recebido pelo médico receptor. a) a responsabilidade para o transporte, quando realizado por ambulância tipo D, E ou F, é do médico da ambulância, até sua chegada ao local de destino e efetiva recepção por outro médico. b) as providências administrativas e operacionais para o transporte não são de responsabilidade médica. (...) IX. O transporte de paciente neonatal deverá ser realizado em ambulância do tipo D, aeronave ou nave contendo: Empresa de Macas adaptáveis no Brasil neste link ->

http://www.canakkaleruhu.org http://www.vergimevzuati.org http://www.finansaldenetci.com http://www.securityweb.org http://www.siyamiozkan.org http://www.fatmaozkan.com http://www.sgk.biz.tr http://www.denetci.gen.tr http://www.bagimsizdenetim.biz.tr http://www.mevzuat.biz.tr http://www.security.biz.tr http://www.sorgulatr.com http://www.kanunlar.biz http://www.prsorgu.net http://www.sirabul.com http://www.emekliol.org http://www.coklupagerank.com http://www.coklupagerank.net http://www.coklupagerank.org http://www.prsorgu.org http://www.scriptencode.com http://www.sirabul.net http://www.sirabul.org http://www.sitenizanaliz.com http://www.seoisko.com http://www.seomavi.com http://www.scriptencode.net http://www.scriptencode.org